FSC

Selo verde para a nossa responsabilidade ambiental

No ano de 2010, a linha de papéis da Divisão Institucional ganhou a certificação FSC® (Forest Stewardship Council®) ou Conselho de Manejo Florestal.

Foi auditado o processo da fabricação da pasta de papel - BCTMP (Bleached Chemi-Thermo-Mechanical Pulp), e também, o processo da industrialização dos produtos de papel Melhoramentos da Divisão Institucional na fábrica de Mogi das Cruzes - SP.

As certificações adquiridas são a comprovação de que toda madeira utilizada na matéria-prima do papel é oriunda de florestas exploradas de acordo com o manejo florestal responsável.

A Melhoramentos CMPC é Certificada pelo processo de Cadeia de Custodia (COC) FSC-C089458, garante a rastreabilidade desde a produção da matéria-prima que sai das florestas até chegar ao consumidor final.

A importância da certificação

A FSC® é uma organização não governamental com sede na Alemanha que estabelece normas e padrões de uso para os produtos florestais e credencia empresas certificadoras independentes em vários países.

Fundada em 1993 como uma resposta às preocupações com o desmatamento global, a FSC® é amplamente respeitada como uma das instituições mais importantes para a promoção da gestão responsável nas florestas em todo o mundo.

A criação do FSC® veio da necessidade urgente de reduzir o desequilíbrio ambiental devido ao alto crescimento do consumo de madeira tropical pelos países desenvolvidos.

Para atingir este objetivo a FSC® elaborou normas chamadas de "Princípios e Critérios". Estas são fundamentos que visam melhorar o manejo florestal responsável, assegurando preservação ambiental e responsabilidade social com viabilidade econômica.

Todo este conjunto de normas permite que a madeira seja rastreada de forma credível desde sua origem até o consumidor final.

O prestígio dos certificados FSC® está relacionado ao rigor e a transparência de suas condutas, sendo reconhecida como a mais séria na ampla quantidade de selos ambientais.

Este reconhecimento vem da GreenPeace e da WWF, organismo internacional dedicado à conservação da natureza que desenvolve métodos para mensurar a eficiência dos sistemas de certificação ambiental.

Resumo dos princípios e critérios do FSC®

1. Obediência às Leis e aos Princípios do FSC®
Conformidade com as leis internacionais.

2. Responsabilidades e Direitos de Posse e Uso da Terra
Os direitos de posse e uso devem ser definidos legalmente.

3. Direitos dos Povos Indígenas
Os direitos dos povos indígenas devem ser reconhecidos e respeitados.

4. Relações Comunitárias e Direitos dos Trabalhadores
Manter ou ampliar benefícios trabalhistas e promoção da qualidade social.

5. Benefícios da Floresta
Incentivar o uso eficiente dos múltiplos produtos e serviços da floresta.

6. Impacto Ambiental
O manejo florestal deve conservar a diversidade ecológica.

7. Plano de Manejo
Plano de manejo apropriado à escala e intensidade das operações florestais.

8. Monitoramento e Avaliação
O controle do manejo deve respeitar o rendimento sustentável da produção florestal.

9. Manutenção de Florestas de Alto Valor de Conservação
As atividades em manejo de florestas devem manter ou ampliar os atributos da floresta nativa.

10. Plantações
As plantações devem contribuir para a necessidade global de restauração e conservação das florestas.

Política para abastecimento de madeira (torete e celulose)

A Melhoramentos CMPC define diretrizes, práticas e controles operacionais específicos dedicados à qualificação e monitoramento de fornecedores, de modo a evitar a compra das categorias a seguir:

  • Madeira oriunda de exploração ilegal;
  • Madeira cuja exploração implicou na violação de direitos civis e tradicionais;
  • Madeira obtida de florestas cujos atributos de alto valor de conservação estão ameaçados pelas atividades de manejo;
  • Madeira oriunda de florestas cujas terras estão sendo convertidas em plantações ou destinadas a outros usos que não o florestal;
  • Madeira de florestas onde são plantadas árvores geneticamente modificadas.